top of page

Economia Colaborativa e o Impacto para as Empresas

O mercado está em constante mudança, e uma dessas mudanças importantes trata-se da economia colaborativa, que além de oferecer vantagens lucrativas para aqueles que decidem aderir, proporcionam uma forma de consumo mais sustentável.

Na economia colaborativa é realizada a aquisição compartilhada de algo ao invés de uma aquisição individual. Isso pode englobar produtos, serviços, ou até mesmo na nossa alimentação. Com o auxílio das tecnologias, vemos a criação de apps e plataformas que tem nos auxiliado no ato de compartilhar serviços com pessoas que não conhecemos, simplesmente pelo fato de estarem próximas.

Agora que explicamos o que é economia colaborativa, que tal conhecer algumas empresas que utilizam esse modelo e que tem sido um sucesso?



Airbnb

Hoje o Airbnb é uma das startups mais valorizadas no mundo. Conectando turistas que querem alugar com os donos de locais para hospedagens, o Airbnb retrata um novo tipo de mentalidade que valoriza a experiência do consumidor.


Uber

A Uber é considerada um dos ícones da economia colaborativa. Conectando motoristas com passageiros, a empresa quebrou a supremacia dos táxis, oferecendo um ótimo atendimento a um custo mais acessível.


Enjoei

Unindo pessoas que querem se desapegar de bens com outras que desejam adquirir um, o Enjoei é um plataforma que conecta pessoas de forma fácil, pois tudo acontece no ambiente virtual.


E o que o coworking tem em comum com tudo isso?


O coworking é uma estrutura importante para a consolidação da economia colaborativa. Ele favorece o compartilhamento de experiências entre seus membros, seja na construção de novas parcerias de trabalho ou na troca de conhecimento.

Abrir um espaço para oferecer um escritório para quem não pode arcar com os custos de um escritório próprio, possibilita com que todo mundo cresça e ganhe dinheiro junto.


Conclusão

Em resumo, a economia colaborativa é uma forma encontrada para reduzir o mercado de consumo e os gastos, mas sem que as pessoas sejam privadas dos serviços. Não compramos esses bens para ter sua propriedade ou exclusividade, mas para usufruir de seus serviços. Diante dessa nova oportunidade a sociedade está presenciando o surgimento de novos mercados, tais como carros, imóveis e roupas compartilhadas.”

Ela surgiu para nos fazer repensar os hábitos de consumo e adotar uma postura mais consciente sobre o mercado e a economia como um todo.

Como descrito nesse artigo o que não faltam são exemplos inovadores de negócios que fizeram – e continuam fazendo – sucesso ao utilizar a economia colaborativa.

Como em todo modelo de negócio, existem as dificuldades, mas os benefícios que esse novo modelo busca trazer, representam um estilo de vida mais alinhado com a sustentabilidade e comunitário ao utilizarmos melhor os recursos econômicos e, consequentemente, melhoramos a qualidade de vida de todos.

Ou seja, todos ganham nessa!

E você, já promove a economia colaborativa? Gostou dessa matéria?

Se sim, aproveite para compartilhar este artigo em suas redes sociais! Seus amigos e familiares também podem se interessar pelo assunto!


25 visualizações0 comentário

Bình luận


bottom of page